Novas oportunidades aparecem todos os dias, se estivermos qualificados adequadamente podemos agarrar as melhores chances que surgem no mercado. Sabendo escolher as corretas e aproveitando-as da melhor maneira possível.


Precisamos estimular e preparar os jovens cristãos do Brasil, para aceitar o desafio do chamado missionário, mas dentro das condições da atual globalização, ou seja apresentando a eles uma nova maneira de fazer missões, dentro de um mundo novo, mas profundamente carente de Jesus, um mundo cheio de novas oportunidades e desafios a serem conquistados pelo jovens missionários desta era.


As empresas transnacionais transferem gerentes ao redor do mundo e tem crescido a prática de procurar profissionais especializados no exterior e para alguns profissionais altamente especializados os mercados de trabalho já são efetivamente globais. A globalização de sistemas de educação superior tem reforçado essa tendência.

Exemplos de profissões do futuro e oportunidades profissionais para o campo missionário globalizado


As oportunidades de negócios mais evidentes concentram-se nos seguintes subsetores:


• Engenharia e construção civil, tecnologias da informação e comunicação, distribuição e vendas e serviços afeitos à energia;
• Profissões com formações em Agronomia, Engenharia Ambiental, Engenharia de Petróleo e Gás Engenharia Hídrica.
• Com a crescente necessidade de comunicação internacional, os profissionais de letras também devem ser valorizados.
• Na área de saúde, Enfermagem, Medicina, Odontologia, Negócios hospitalares, equipamentos.
• No serviço público, além das carreiras diplomáticas para trabalhar nas embaixadas e consulados, temos várias estatais atuando no exterior. Exemplos: Petrobras; Eletrobrás, BNDES e Caixa Econômica Federal Embrapa e Banco do Brasil.
• O lazer ganha terreno no mercado de trabalho internacional:
• Cinema e Vídeo, além das profissões que se envolvem com a área editorial, devem crescer ainda mais. Nunca se deu tanto valor ao lazer como hoje.
• Há uma demanda crescente na área de Inteligência de Mercado: “É uma área que não implica necessariamente em uma formação específica”. Pode ter formação em Administração, Engenharia, Marketing, entre outros.
• O Brasil como um grande exportador de serviços de TI, ao lado da Índia e China.
• Profissionais experientes nessa área e com total domínio do inglês estão em falta no mercado.
• Propaganda, Marketing e Vendas – na qual se pode incluir também Comércio Exterior – , Administração, Economia, Direito Empresarial e Internacional são profissões “aquecidas”. “Isso se deve ao aumento do número de empresas na Bolsa de Valores e a necessidade das organizações competirem em um mercado globalizado.”


(Fontes: Agencia Estado; KPMG; Grupo Catho; ACTA – EDUCAÇÃO, RH E CARREIRA)


Loading Conversation